Vítor Alberto Klein's Blog

28/08/2012

BRICs já eram: conheça o MIST

Filed under: Atualidades — vitoralbertoklein @ 20:45

Por Maurício Renner // terça-feira, 28/08/2012 10:09

Fonte:  http://www.baguete.com.br/noticias/28/08/2012/brics-ja-eram-conheca-o-mist

Brasil, Rússia, Índia, China, economias agrupadas sob o acrônimo BRICs por um economista do Goldman Sachs em 2001 estão perdendo espaço no mundo das siglas cabalísticas dos investidores para um novo grupo: o MIST, formado por México, Indonésia, Coreia do Sul e Turquia.

Segundo relata uma matéria da Veja.com, os países do novo grupo tem a seu favor taxas de crescimento mais altas nos últimos anos e menos burocracia que os integrantes do BRIC.

México e Indonésia, por exemplo, cresceram, respectivamente, 4,1% e 6,4% no segundo trimestre deste ano na comparação com igual período de 2011 – contra 0,8% do Brasil – em um momento de desaceleração mundial.

[Em termos brutos, os blocos ainda são muito díspares. O PIB somado de Brasil, Rússia, Índia e China é de US$ 13,5 trilhões, o triplo do MIST].

“O ponto em comum entre os quatro é que eles são gerenciados por equipes econômicas com filosofia pró-mercado, o que dá segurança e deixa os investidores felizes”, afirmou à Veja.com Alfredo Coutiño, diretor da Moody’s Analytics para a América Latina, citando a promoção de negócios, a abertura ao mercado e as melhorias regulatórias nos países do MIST.

O grupo foi formado a partir de um uma lista de 11 novas economias emergentes por Jim O’Neill, presidente do Goldman Sachs Asset Management, criador da alcunha BRICs. A lista inclui também Bangladesh, Egito, Irã, Nigéria, Paquistão, Filipinas e Vietnã.

Por Vítor Alberto Klein

Certamente existem muitos outros países pelo mundo apresentando taxas de crescimento superiores aos países do BRIC, mas este indicador não representa necessariamente o dinamismo e o potencial de suas economias, pois tudo trata-se de uma questão de proporção. Vejamos:

Uma taxa de crescimento de 2 % para uma economia que possui um PIB de US$ 2,5 trilhões é diferente da taxa de crescimento de 6% de um outro país cujo PIB seja de US$ 400 bilhões por exemplo.

Mas sem dúvida não podemos deixar de considerar o desempenho de países como México, Turquia, Coréia do Sul e tantos outros como citado na reportagem.

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: