Vítor Alberto Klein's Blog

05/04/2011

Assessoria milionária

Filed under: Atualidades — vitoralbertoklein @ 14:24

Fonte: Editorial Jornal Zero Hora – 02/04/2011 – pág. 18

A capacidade do Congresso de produzir desmandos é inesgotável, apesar dos compromissos assumidos a cada início de legislatura. A Câmara dos Deputados, que mantém, como hábito intocável, uma superestrutura de pessoal, é notícia mais uma vez com a descoberta pela imprensa de que dois assessores nomeados por um parlamentar de São Paulo não atuam em Brasília e podem ser vistos, na capital paulista, no escritório de uma empresa que produz shows de humor para a TV. Ambos têm salários de R$ 8 mil e assessoram o deputado Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), porque, conforme a explicação que deram, podem subsidiar o político com boas ideias.

Silva é o palhaço Tiririca, e seus dois nomeados bem remunerados dizem dedicar-se ao trabalho de assessoria parlamentar na empresa Café com Bobagem. Uma crítica sumária e apressada poderia concluir que Tiririca, já estigmatizado como figura folclórica, faz em Brasília o que se esperava dele.  A verdade é que o deputado paulista apenas reproduz uma postura típica do parlamento. Assessores nomeados porque são amigos ou porque são cabos eleitorais estão espalhados pelo país. Esse não é um deslize apenas de Tiririca. O Congresso já dispõe de quadros técnicos concursados e qualificados. Os nomeados são apadrinhados, que se beneficiam da norma segundo a qual cada deputado pode dispor de até 25 assessores, com salário de até R$ 8 mil. O custo desse pessoal é de mais de R$ 30 milhões por mês. Um parlamentar precisa de tanta gente para desenvolver suas atividades ?

Assessores mantidos na chamada base política são, em muitos casos, quadros da militância permanente dos congressistas. Mesmo que se argumente que esses servidores eventuais são decisivos para que o deputado não perca contato com suas comunidades, é de se questionar se a sociedade deve arcar com os altos custos de atividades que, muitas vezes, envolvem assistencialismo e clientelismo. A função da assessoria deve ser adequada ao que o Congresso oferece como retorno à população e sem remunerações exorbitantes.

—-

Por Vítor Alberto Klein

30 milhões de reais por mês representam 360 milhões / ano, fora algum benefício adicional, pois não sei como funciona o “regime trabalhista” ou de contratação destes assessores.

Isto sem considerar o quadro de assessores do Senado.

Ninguém está dizendo que os parlamentares não necessitem de assessores, mas 25 para cada deputado  ???

Já somos um país desenvolvido, de 1º mundo, não é mesmo ?  Questões de segurança, saúde, educação, infraestrutura e etc. já são mais do que absolutamente satisfatórias, não é assim ?

Deixemos o Congresso Nacional do jeito que está, afinal uma Nação de 1º mundo necessita possuir uma superestrutura parlamentar, a Suécia que o diga….

link de como é a vida dos parlamentares na Suécia:

https://vitoralbertoklein.wordpress.com/2010/11/13/alguem-se-candidata-a-ser-parlamentar-na-suecia/

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: