Vítor Alberto Klein's Blog

25/02/2011

Vale tem lucro líquido de R$ 30,1 bilhões e marca recorde

Filed under: Atualidades — vitoralbertoklein @ 8:43

Por Bárbara Ladeia (bladeia@brasileconomico.com.br)
25/02/11 07:08

Fonte: http://www.brasileconomico.com.br/noticias/vale-tem-lucro-liquido-de-r-301-bilhoes-e-marca-recorde_98605.html

No quarto trimestre uma nova máxima na produção de aço foi atingida (1,47 bi de tons) sugerindo um aumento crescente da demanda por minério.

Lucro da companhia triplica após resultado anêmico de 2009 de R$ 10,3 bilhões. No quarto trimestre, a mineradora alcançou lucro líquido de R$ 10 bilhões, superando as expectativas.

Após trazer nos resultados financeiros o reflexo da crise financeira de 2009, a segunda maior mineradora do mundo apresenta o melhor ano da história da mineração nacional, e tem lucro líquido 191% maior que o apresentado no ano anterior.

O resultado, que deve agradar o mercado, foi elogiado pelo presidente da companhia. “Estamos vivendo nossos melhores dias. No entanto, dado o tamanho e a qualidade do pipeline de projetos de expansão em meio a um cenário de crescimento sustentável da demanda global por nossos produtos, acredito fortemente que dias ainda melhores estão por vir”, ressaltou o diretor-presidente da Vale, Roger Agnelli, em comunicado oficial divulgado junto aos números da companhia.

No ano, a Vale acumulou a receita de R$ 85,345 bilhões, número quase duas vezes maior que o resultado apresentado no ano anterior – marcado pela crise financeira –  e 17,3% superior ao de 2008, período marcado pelo bom desempeho da economia mundial.

Foram cerca de R$ 35,533 bilhões injetados em sua receita através do aumento dos preços das commodities. O aumento no volume de vendas também foi significativo, agregando ouros R$ 7 bilhões ao resultado.

Ainda que haja um esforço no sentido de diversificação no portfólio de produtos, em 2010, a venda dos chamados bulk materials – minério de ferro, pelotas, minério de manganês, ferro ligas, carvão metalúrgico e térmico – chegaram a 73,4% do resultado total da companhia, número que sugere evolução dos 62,7% registrados em 2009. A receita gerada com esses materiais foi 5,3% menor que no trimestre anterior.

Trimestre

Mesmo com as dificuldades relacionadas à queda do preço do minério de ferro no último trimestre, o resultado deve surpreender o mercado positivmente. A maior parte dos analistas apostava que o lucro líquido da companhia não ultrapassaria os R$ 9 bilhões, uma vez que o enfraquecimento dos preços do minério de ferro prejudicaria os números.

Ainda que apresentando um recorde de receita, que alcançou os R$ 26,958 bilhões, número 2,2% acima do resultado anterior, os menores preços praticados nas vendas trouxeram perdas da ordem de R$ 1,139 bilhão para o resultado da companhia.

Ainda asim, o volume de vendas cresceu compensando em boa parte essa perda. Somado a isso, a retomada das operações de níquel em Sudbury tornou o aproveitamento da mina canadense mais funcional.

Exportações

Os embarques de minério de ferro para a China caíram de 143,959 megatoneladas (Mt) em 2009 para 129,258 Mt em 2010, reduzindo a participação do país de 56,8% para 43,5% no consumo da produção da Vale.

Essa redução, segundo o relatório divulgado pela mineradora tem por principal atender a recuperação da demanda em outros mercados, particularmente o brasileiro e o europeu.

A Europa consumiu 21,2% do minério produzido, enquanto o Japão ficou com 10,5% do conteúdo. O Brasil representa 10,8% do volume das vendas, o que mostra um avanço em relação aos 8,8% de 2009.

—–

Por Vítor Alberto Klein

Parabéns à CVRD, uma grande empresa !

Mas como colocado num artigo postado aqui há alguns dias, o Brasil não pode ficar atrelado “apenas” na exportação de algumas commodities: minério de ferro, soja, petróleo e etc.

Necessitamos exportar tecnologia, valor agregado !

Precisamos cavar dezenas de metros para que algumas Mt (Mega toneladas) de minério de ferro sejam extraídas, e onde várias Mts (Mega toneladas) deste minério exportado, correspondem (em valores) a importação de um “simples” equipamente de alta tecnologia da Alemanha, Itália, EUA, Japão e etc.

No entanto, sabemos que temos tido excelentes conquistas neste aspecto (EMBRAER, GERDAU, MARCOPOLO e etc. etc. etc). Até em alguns campos de pesquisa como células-tronco, em outras pesquisas científicas e etc, estamos nos sobressaindo…..

Está na hora de virar o jogo, e a hora é agora, e o único caminho é a Educação, a Inovação, a Pesquisa & Desenvolvimento, a redistribuição de renda, a fim de que possamos efetivamente alcançar (por mérito e competência) a 5ª posição na Economia Mundial em 2020, e deixarmos de ser uma República de Bananas, ops, desculpe, República das Bananas.

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: